Olhar pela Lente

 

O projeto “Olhar pela Lente”, está integrado no “Plano Integrador e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar”, coordenado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado.
Dele constam o desenvolvimento de ações de formação para alunos e professores (orientadas pelo Dr. Pedro Alves e a Dra. Ana Sofia Pereira, docentes da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa) e a produção e realização de curtas-metragens.


Objetivos

  • Refletir sobre a história do cinema e a sua função social
  • Reconhecer o cinema como uma manifestação de arte
  • Desenvolver a literacia fílmica
  • Desenvolver a sensibilidade estética
  • Desenvolver o espírito crítico
Sessões de cinema

Na vertente ligada à projeção de filmes integrados em ciclos, este projeto visa desenvolver competências de leitura de registo fílmico, de modo a que os alunos aprendam a ver cinema de uma forma mais crítica, tendo em atenção as especificidades da linguagem cinematográfica. Pretende-se ainda olhar o cinema como uma expressão cultural, motivadora de análise e de reflexão sobre o mundo em que vivemos, proporcionando debates (o que aponta para competências no domínio da interação oral) e gerando a produção de textos de opinião que pretendemos divulgar através dos mecanismos habitualmente acionados na escola.

Projeto “Olhar pela Lente”

Durante o presente ano letivo, alunos e professores integrados neste projeto frequentarão ações de formação sobre literacia fílmica visando a produção e realização de curtas-metragens que serão posteriormente apesentadas a um público mais vasto. Este projeto, desenvolvido em 7 turmas iniciais do ensino secundário, nas disciplinas de Inglês (ensino regular) e Área de Integração (cursos profissionais), visa desencadear saberes múltiplos e transversais que promovam o sucesso escolar e potenciem competências sociais e profissionais do público-alvo.

Enquadramento no projeto educativo da escola

Este projeto enquadra-se de forma evidente na missão:
A Escola Secundária de Vila Verde tem como missão proporcionar uma formação básica e de nível secundário de qualidade aos jovens e adultos do seu espaço geográfico de intervenção. Criada em 1986, fortemente enraizada na sociedade local, dotada de um corpo docente e não docente estável e com um forte sentimento de pertença, a ESVV norteia-se por princípios de equidade e igualdade de oportunidades.
Tem como áreas de intervenção prioritárias:
Melhorar os resultados escolares dos alunos da ESVV (Domínio 6.1.1 – Resultados académicos);
Elevar o patamar comportamental dos alunos promovendo atitudes adequadas à aprendizagem (Domínio 6.1.2 – Atitudes e comportamentos);
Elevar o patamar cultural da comunidade educativa da ESVV (Domínio 6.1.3 – Patamar cultural).